O QUE ACONTECEU NA QUINTA DA VIDEIRA NO MÊS DE FEVEREIRO

O sal e a luz são dois elementos fundamentais para a vida.
A luz é a única real fonte de entrada de energia em nosso planeta, todas as demais estão aqui e por isso podem ser esgotadas, a luz é virtualmente infinita. Dela provém tudo o que comemos, vestimos e como nos movemos. A agricultura é a arte de cultivar a energia luminosa e transforma-la em energia disponível para a vida. O sal, além de fornecer elementos químicos essenciais à vida, dá sabor, preserva e cura.
Mas os dois tem em comum uma capacidade: revelar o que está oculto. As cores e beleza de um ambiente são revelados somente quando a luz brilha, caso contrário poderíamos estar em um quarto escuro, sem perceber as obras de arte nele penduradas, ou em uma caverna multicolorida, pensando estar em uma cova. O sal revela sabores dos alimentos, amplia a sensação de prazer da comida, permite conhecer nuances, amplia o apetite. Sem ele, tudo fica, como dizemos, insosso.
Na compreensão do dia a dia da Casa da Videira, entendemos que nossa tarefa é ser sal e luz. No entanto, paradoxalmente, ser sal e luz tem um perigo embutido: o exagero. Luz demais ofusca, Sal demais estraga a comida. A luz não deve chamar a atenção para si mesma, ou ninguém enxergaria, o sal não deve ser visto, ou a comida seria insuportável.
Ser sal e luz demanda a arte da proporcionalidade. E do Objetivo. Salga-se para que possamos dizer que a comida está boa, nunca que o sal está bom. Ilumina-se para poder ver a beleza do que é iluminado, e não a qualidade da luz. Assim, aqui na casa, nossa humilde intenção é que nosso trabalho possa sim ser visto, mas que com a nossa luz, a natureza possa ser lida como um livro, e que os sabores da vida sejam percebidos, no máximo possível de sua variedade e pujança. E nossa esperança é que, sinceramente, todo o reconhecimento do que fazemos aponte para a beleza da Vida  e de seu autor.
Queremos e gostamos de ser vistos, desde que a inspiração que levamos, seja igual à que recebemos de outros amigos e iniciativas saborosas e iluminadas espalhadas pelo mundo. Sabemos que temos inspirado alguns, mas reconhecemos que o fazemos por que fomos igualmente inspirados por outros, a partir da fonte única de toda luz, sabor e inspiração: o Deus que fez a terra e todas as suas criaturas para viverem em equilíbrio.
Este mês a marca de nosso trabalho foi este fluxo de luz e sabor. Desde o começo do mês fomos visitados por um fluxo enorme de pessoas e organizações. Tivemos  aqui  entrevistas  com a  TV  Educativa  do  Paraná  (http://www.e- parana.pr.gov.br/modules/video/showVideo.php?video=3109 ), com a TV Brasil, de Brasília e com a TV Globo do Paraná (estes dois programas irão ao ar em breve).
As visitas de amigos como o casal Samuel Plotkin e Yael, de Detroit, que estão começando um projeto similar ao nosso com as comunidades negra e judaica daquela cidade, com a finalidade da reconciliação por meio da agricultura urbana.
A  matéria  na  página  40  da  revista  MÊS (http://issuu.com/revistames/docs/mes-pr_10-final-final)  trouxe  um grupo  da
associação ABC vida, que quer começar um projeto integrando agricultura urbana e terceira idade.
No carnaval estivemos com a MEUC, em São Bento do Sul, durante seu congresso de jovens, com mais de 1000 presentes dos quais 250 se inscreveram para ouvir falar sobre compostagem, cuidado ambiental e os projetos e motivações
que tocamos na Quinta da Videira.
Nossos cursos recomeçaram e este mês tivemos o primeiro sobre plantio em recipientes, que será seguido de cursos de panificação tradicional, Conservas e geléias, Massas caseiras, Criação de Galinhas, Compostagem residencial e muito mais. Ficamos muito alegres por seguir inspirando outros a fazerem ainda melhor que a gente e a seguirem lendo esse grande livro da vida que é a criação.
Tudo isso foi acompanhado da terminação da nova casa e sistema de criação de coelhos, agora melhor acomodados e felizes, com novas tecnologias de manejo de restos e dejetos. Começamos a construção do novo solarium das cabras. Aliás esta semana começa a estação de monta, se tudo der certo esperamos ter cabritinhos Toggenburg do nosso “Programa Bruschi de Caprinocultura urbana” para compartilhar aqui.
Tivemos uma grande alegria de ter nossa Bertalha exuberante, que começamos a adaptar à nossa região há 4 anos atrás por ação do Homero. Conseguimos uma planta vigorosa, grande, forte e resistente depois de perdas, tentativas, e seleção. Estamos na fase de produzir as sementes dessa planta tão rica e cheia de possibilidades para o futuro. Nossas hortaliças tradicionais estão indo
muito bem, bem adaptadas e temos tido o privilégio de vê-las prosperar.
O programa de tomates(https://umaquintanacidade.wordpress.com/2012/02/27/tomates-novas-cores- formas-e-saborers/ ) fechou o ciclo, com grande sucesso e mais de 45 kilos produzidos em pouco mais de 10 metros quadrados. Sementes de 35 variedades foram selecionadas, preparadas e preservadas para a próxima primavera, e agora descansam esperando a nova etapa.
Comemos muita variedade por aqui esse mês, sopas frias de tomates orgânicos, pães pretos e tradicionais, abóboras, quiabos, bertalhas, saladas de todo tipo e cor, frutas e legumes, exploramos tradições brasileiras e fizemos manteiga de garrafa e iogurte. Tudo isso em espaço tão pequeno só mesmo por obra e graça de Deus.

O mês adiante mostra suas incertezas: Eu e Eduardo voltamos à Universidade (ele orgulhosamente iniciando seu mestrado), contas chegando, novos projetos e tempo ainda mais exíguo. Nesse momento voluntários para o trabalho da manhã seriam MUITO BENVINDOS. E o programa de coleta de resíduos, de manutenção e construção continua aberto a quem deseje participar.
Como sempre, temos a oportunidade de você ajudar a gente a continuar a ser sal e luz, a inspirar outros e a seguir dizendo que viver de outra forma é possível. Sobreviver é nossa maior preocupação, equilibrar as finanças nem sempre é fácil. Faz parte de nossos planos ter iniciativas de geração de renda que nos permitam sustentar o que fazemos, mas até lá, manter-nos funcionando é nossa maior fonte de stress.
Atualmente nosso orçamento mensal gira em torno de 6000 reais. Este valor pequeno é fruto de uma administração focada em depender menos de dinheiro, e mais de trabalho. Mas ainda é uma necessidade impossível de ser atendida sem a ajuda de conspiradores regulares, colaboradores esporádicos, amigos coniventes e instigadores conscientes. A você que tem nos ajudado a existir: OBRIGADO.  Se você acha que o que fazemos vale a pena e deve continuar a ser feito, eu te convido a dar um passo e ajudar a gente a seguir em frente.
Temos três maneiras de ajudar a manter o trabalho da CASA:
1- Um depósito, ou transferência na conta da CASA DA VIDEIRA : Banco do Brasil Ag. 1519-9  C/c 12335-8
CNPJ: 05038645/0001-37
ou na DO CAMINHO Banco do Brasil Ag. 1519-9 CC 7296-6 CNPJ: 004.025.216/0001-62

2- Via pague seguro no link de nossa página . http://www.casadavideira.com.br

3- Via Paypal, na mesma página. http://www.casadavideira.com.br

E temos quatro categorias de investidores:
CO-laboradores – que investem pequenas quantidades de recursos, divulgam nosso trabalho e ajudam a gente com seu ânimo e apoio de vez em quando e que muitas vezes nos ajudam como voluntários em
trabalhos locais.

Instigadores – que nos ajudam de longe, dão ideias, e investem quantidades maiores de recursos de maneira esporádica.

CO-niventes – Que investem em projetos específicos, ajudam as coisas a acontecer, e mandam os recursos quando mais precisamos deles

CO-nspiradores – Que tem um vínculo permanente de contribuição e sustento, mandam encorajamento e nos ajudam quando podem com recursos maiores.

Sinta-se livre para divulgar esta carta, mandá-la a amigos e a usar nossas ideias e iniciativas a vontade.
Se somos sal e luz, se por acaso conseguirmos ser, será com a sua ajuda, e se o formos que seja para que tenhamos o sabor do sal na medida certa, e da luz suave da manhã. E que em tudo seja iluminada a obra das mãos de Deus e dele seja toda a fama, o elogio e a assinatura nas realizações.

Com carinho
Claudio Oliver

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s